A Harmonia que canta na Alma do Poeta!

A Harmonia que canta na Alma do Poeta!
  • Às vezes precisamos ficar quietinhos no colo de Deus para ouvir a voz dos anjos e aprender a imergir em nós mesmos, a esquadrinhar os mais íntimos recônditos do nosso ser; interrogar no silêncio e no retiro, para aprender a reconhecer o poder escondido em nós.

 

  • É ele que leva a resplandecer no fundo de nossa consciência, as imagens do bem, da verdade, da justiça. É honrando estas imagens divinas, rendendo-lhes um culto diário que nossa consciência se purifica e se ilumina. Essa luz pouco a pouco se engrandece... 

 

  • Essa luz é também a harmonia penetrante que canta na alma do poeta, do escritor, do profeta e lhes dita grandes e fortes obras, para elevar a humanidade no mais alto degrau da moralidade e religiosidade. (Texto extraído do livro - ”O Grande Enigma”-Léon Denis).