Halo Energético

Halo Energético

Capítulo XXX

 

Se o Homem conhecesse a extensão dos recursos que nele germinam, talvez, ficasse deslumbrado e, em vez de se julgar fraco e temer o futuro, compreenderia a sua força e sentiria que ele próprio pode criar esse futuro... (O Problema do Ser, do Destino e da Dor.-Léon Denis)

 

 

 

    Aura ou Halo energético - Emanação fluídica dos corpos. As irradiações energéticas provenientes da conjunção de forças físico-químicas de um corpo (mineral, vegetal e animal), formam um halo de características e cores próprias. Esta energia, presente em todos os corpos que a mantém aprisionada pelos limites da forma, extravasa continuamente, dando forma as auras dos minerais, vegetais e do Homem. Todos os seres vivos e o mineral apresentam um halo energético, uma aura que caracteriza a sua natureza. 

    No Homem, a aura é o campo energético multicolorido que envolve o corpo em várias faixas de cores, revelando o seu estado espiritual. Seus pensamentos e sentimentos se mostram em forma de energia colorida. -cada pensamento produz uma nuança. Dependendo das circunstâncias é possível uma pessoa interferir na aura de outra. Como exemplo, podemos citar aquela pessoa que, ao se aproximar de nós, causa desconfiança e desconforto, ficamos irritados, inquietos, desejamos nos afastar rapidamente sem saber exatamente o que está ocorrendo.

    Campo de Energia - A pesquisadora Bárbara Ann Brennan, licenciou-se em Física com mestrado em Física Atmosférica, o que lhe assegurou um trabalho de investigação na NASA (Goddard Space Flight Center). Participou em vários projetos de estudos relacionados ao Campo de Energia Humana. Os fatos vividos na sua infância podem ter influenciado a cientista a focar seus estudos nos fenômenos da aura sob outra ótica (ela via os campos de energia das árvores e dos animais).  

        Adotando teoria e experiência própria quanto aos fenômenos da aura humana, Brennan escreveu o livro Mãos de Luz, onde menciona que o corpo físico existe dentro de um “ outro corpo”, mais amplo. Faz referência aos órgãos do corpo físico, como sendo apenas cópia da matriz já existente de um corpo de traçados de energia e que o corpo físico irradia luz (aura). Segundo a pesquisadora, se fosse possível isolar o corpo energético das células vivas ele, o corpo energético, se pareceria a um corpo humano de filamentos luminosos azuis, em constante cintilação, lembrando um homem aranha. 

 

O corpo teria a mesma estrutura do corpo físico, com todas as partes anatômicas e todos os órgãos. Sobre o traçado deste corpo, se modela e afirma a matéria dos tecidos do corpo físico, originando o processo de materialização da energia, exatamente como ocorre nas plantas. Sua pesquisa constatou que os tecidos do corpo físico só existem como tais, por causa do campo vital que os sustenta, por isso, o campo energético (o formato de um corpo de energia) pré-existente, não é o resultado do corpo físico.

    Tal relação foi confirmada pela observação do crescimento das plantas, através de pesquisas, juntamente com o Dr. John Pierrakos.  Utilizando a Alta Percepção Sensorial, constataram que a matriz de um campo de energia, em forma de folha é projetada pela planta, bem antes do crescimento da folha; esta cresce depois, dentro do traçado de energia já existente e assume a forma da folha. Como as células do corpo energético são formadas de moléculas que se constituem de átomos, esta estrutura apresenta vibrações constantes que se expandem formando um corpo de luz, uma aura. 

 

    O mais interessante foi a constatação de que, a aura da planta em estudo, apresentava modificações significativas sob a influência dos pensamentos, alterando a sua cor e forma. Aprofundaram pesquisas cortando pela metade uma das folhas já existentes na planta em estudo e o retrato térmico mostrou o corpo energético da folha inteira e não, pela metade. 

 

No Guia para Curas através do Campo de Energia Humana, em destaque na obraMãos de Luz, Bárbara Ann Brennan relaciona a aura humana com a saúde e as doenças:

  • O Campo de Energia Humana é a manifestação da energia universal, intimamente envolvida na vida humana. Pode ser descrito como um corpo luminoso que cerca o corpo físico, o penetra e emite sua radiação, característica própria e é habitualmente denominado aura. A aura é à parte do CEU (Campo de Energia Universal) associada ao corpo humano. O CEU está sempre associado a alguma forma de consciência, que vai desde a mais altamente desenvolvida até a mais primitiva. Sendo, que a primeira, se associa às vibrações mais altas e aos níveis de energia mais elevados... A Aura é realmente o elo que faltava entre a biologia e a medicina, a física e a psicoterapia. É o lugar que revela todas as emoções, pensamentos, lembranças e padrões de comportamento que discutimos sem parar na terapêutica. Pensamentos e emoções movimentam-se entre as pessoas no tempo e no espaço, através do campo da energia humana, e seu estudo é o modo de se conseguir um instrumento para lidar com essa atividade.

 

    Evolução em Dois Mundos, de Francisco Cândido Xavier/ Waldo Vieira, aborda o tema deixando transparente o toque de alerta, no que diz respeito às influências dos pensamentos na formação deste halo proteto.

  • Considerando-se toda célula em ação por unidade viva, qual motor microscópico, em conexão com a usina mental é claramente compreensível que todas as agregações celulares emitem radiações e que essas radiações se articulem através de sinergias funcionais, a se constituírem de recursos que podemos nomear por tecidos de força em torno dos corpos. Todos os seres vivos, por isso, dos mais rudimentares aos mais complexos se revestem de um halo energético que lhes corresponde à natureza. No Homem, contudo, semelhante projeção surge profundamente enriquecida e modificada pelos fatores de pensamento contínuo, alterando-se de conformidade com o modus pensante do Espírito.

 

    Hercílio Mães em sua obra Magia de Redenção, refere-se ao corpo energético lembrando que, se o Homem, os animais e as plantas, não fossem previamente programados e limitados por um corpo pré-existente, eles cresceriam indeterminadamente em todos os sentidos, transformando tudo em gigantes desproporcionais:

  • O Homem que atinge a altura de 1,70m aos 20 anos, deveria atingir 3,40m, aos 40 anos; 5,10m aos 60 anos e 6,80m ao completar 80 anos de idade. Graças ao corpo energético que funciona aos moldes de um cartucho invisível a impedir o crescimento desordenado, a harmonia se faz presente em toda a Criação.
 
 
Halo energético que cerca a matéria! 
 

  • O primeiro cientista a estudar a aura de maneira sistemática, foi um médico inglês chamado Walter John Kilner. Este efeito luminoso pode ser fotografado por máquinas e as pessoas que se dedicam a essa técnica são em sua maioria, físicos ou matemáticos, o que isenta de qualquer misticismo ou mágica.  A Aura é o campo energético que cerca toda matéria, portanto, tudo que é dotado de estrutura atômica tem aura. Significa que todo e qualquer átomo de uma substância é formado por elétrons e prótons, que estão em constante movimento, formando vibrações energéticas eletromagnéticas, que podem ser vistas em campos onde exista a matéria viva ou a energia residual de um ser vivo. 

 

  • A aura humana rodeia todo o corpo físico com efeito tridimensional, sendo que, quanto mais saudável, maior será a figura elíptica que o envolve. Em um indivíduo médio, ela ocupa entre 2,5 e 3 metros ao redor do corpo.  A forma, as cores, a nitidez e a distribuição de seus feixes de luz, indicam os estados físicos, mentais, emocionais e espirituais do indivíduo.  Assim, como um ferimento físico pode fazer com que uma pessoa perca grande quantidade de sangue, um buraco no campo áurico pode esvaziar sua energia vital. O mais problemático é que você irá ao médico por diferentes quadros de doenças ou sintomas físicos, que são tratados sem que se elimine a causa real.

 

  • Em muitos casos, sequer será possível detectar algum tipo de problema físico, sendo diagnosticado como stress ou um vírus.  Depois de tomar uma infinidade de pastilhas, fazer exames e mais exames, dirão que não encontraram NADA! Só que você sente-se mal, está triste, sente cansaço, desânimo. Falta um pedaço... Sim, um pedaço em alguma parte de seu campo energético.  Existe um buraco em sua aura, por onde sua energia está sendo drenada e, ao mesmo tempo, permitindo que entrem detritos energéticos de outras pessoas. Cansaço, sonolência, sensação de frio, sensação de estar sujo,  extremidades frias são algumas das sensações mais habituais de que sua energia está debilitada.  A aura é uma radiação que cobre todo o corpo físico.  É o espelho que mostra toda nossa situação espiritual. Hoje, com o desenvolvimento das máquinas Kirlian de fotografia da aura, foi conseguida uma prova material para os ainda céticos.

 

  • O conceito de aura envolve uma série de definições, contudo, a  que nos interessa diretamente é aquela que corresponde às radiações energéticas  do organismo, devido à energia celular, dita orgânica. Essa energia é gerada pela carga iônica que existe em nosso organismo, principalmente pelo cloro (Cl) e pelo potássio (K+), além de outros  radicais químicos. Também temos a energia gerada pelo movimento celular interno. O corpo animal, portanto, é um gerador de energia e, como no  caso dos condutores elétricos, cria um campo em torno de si que  impressiona determinadas câmeras fotográficas, aqui mencionamos a Kirlian, dando certo contraste luminoso. A esta figura assim obtida é que se dá o nome de aura. Ocorre, todavia,  que esse mesmo efeito captado pelas câmeras fotográficas, também é visto em outros elementos, até mesmo em folhas de vegetais e num pequeno grão de  monazita (mineral)" - Fonte - Biblioteca Digital http://www.planetamagia.com/pmaura.html.

 

 

 

..