"JULGAMENTO"

Ao falar com alguém, notamos alguma palavra ou frase erroneamente pronunciada, detemo-nos em apreciar a intenção, o sentimento, a elevação em que se articula sem dar importância ao desalinho gramatical, para não cairmos no "JULGAMENTO"!